sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

postheadericon Títulos dos livros e suas implicações: Curiosidades

Olá, caros leitores!! Hoje resolvi criar um post diferente. Estive pensando sobre o título do post de hoje, porque já me disseram que eu não deveria ter utilizado o título A Herdeira já que existe um ou mais livros publicados com esse mesmo título. Não é a primeira vez que eu vejo algumas pessoas se confundirem e acharem que os livros não podem ter títulos iguais. Sidney Sheldon tem um livro publicado aqui no Brasil com o título A Herdeira. O meu livro também tem o mesmo título, mas não há nenhum problema em adotá-lo. Além disso, o título original do livro é Bloodline, e na minha sincera opinião o título do livro em Portugal se aproxima mais do seu significado que é Laços de Sangue. Obviamente, as editoras definem um título que se enquadre melhor na sua linha editorail ou que tenha um apelo maior entre os seus leitores. De qualquer forma, o que vai distinguir os livros com o mesmo título será o ISBN (International Standard Book Number), que segundo a Fundação Biblioteca Nacional o ISBN nada mais é do que um sistema internacional padronizado que identifica numericamente os livros segundo o título, o autor, o país, a editora, individualizando-os inclusive por edição. Além disso, o ISBN tem a função de identificar um livro e a sua edição. Uma vez estabelecida a identificação, ela só se aplica àquela obra e edição, não se repetindo jamais em outra. Minha irmã está cursando Biblioteconomia e me disse: Mariana, já pensou como seria se cada autor tivesse que criar um título inédito para cada livro que criasse? Eu disse para ela que realmente não fazia nenhum sentido, e que o ISBN serviria como uma espécie de "RG" do livro, se me permitem fazer essa analogia rsrs. 
É preciso esclarecer também que os títulos de livros não podem ser protegidos por direitos autorais. Além dos fatores citados acima, podem haver dois ou mais livros com títulos iguais, mas cada um deles terá sido criado por um autor diferente, com histórias, cenários, personagens e público alvo distintos também, além do subtítulo, se houver. Eu pesquisei também por curiosidade, alguns livros que foram publicados aqui no Brasil com o título A Herdeira, eis o resultado:

A Herdeira
Editora: Record
ISBN:  8501013315
Páginas: 295
Sinopse: Durante décadas, desde o século XIX, a Roffe & Filhos foi modelo de solidez e prosperidade no meio empresarial. O sucesso da companhia, ninguém podia negar, devia-se um grande parte ao dinamismo do fundador, Samuel Roffe, e a alguns dos princípios administrativos que ele havia cristalizado e mantinham a firma sob o controle da família. Mas agora, por conta dos problemas financeiros de vários sócios, era necessário mudar as regras -nem que, para isso, fosse de preciso lançar mão de recursos criminosos, inclusive sabotagens e assassinatos. E tudo indica que a próxima vítima é Elizabeth, descendente direta do legendário Sam.




A Herdeira
Autor: James, Henry
ISBN: 852090596X
Sinopse: Publicado em 1880, A herdeira é um romance clássico, ambientado na Nova York de meados do século XIX, uma sociedade ainda bastante provinciana e fechada. A história gira em torno das conquistas e decepções afetivas de Catherine Harrington, uma heroína que fez de Henry James um dos primeiros autores feministas da literatura moderna.
A Herdeira
ISBN: 8528606724
Páginas: 273


Sinopse: Jamie Montgomery, cavaleiro elisabetano empobrecido, fica eufórico ao ser escolhido para escoltar Axia, a herdeira dos Lancaster, até o castelo do seu futuro marido. Se ela se apaixonar por ele - como a devotada irmã mais velha de Jamie anseia -, suas dificuldades financeiras estarão resolvidas. Mas Axia não pe a flor tímida e mimada que Jamie imagina.

Foram um total de três livros com títulos iguais, entretanto de autoria diferente. Obviamente, o escritor sempre vai preferir criar um título inédito e original, a editora também poderá decidir sobre a manutenção ou não do título escolhido, mas nem sempre isso é possível, porque tudo irá depender do estilo literário de cada autor e do tema abordado. Eu, como escritora iniciante, tenho grande dificuldade em criar um título para os livros que eu escrevo. Devo confessar que o título do meu segundo livro foi inspirado na música do Skank: Amores Imperfeitos. Quando eu escrevi o livro em 2004, tinha colocado inicialmente o título Pode Contar Comigo. Sei que este título poderia ser interpretado pelos leitores como sendo de um livro de auto-ajuda, e por isso resolvi mudar, mas curiosamente não há ainda nenhum livro publicado com este nome ainda. Em seguida, eu vi no blog Rants e Ramblings (Em inglês) algumas dicas interessantes para ajudar o escritor na criação do título, como por exemplo verificar se o título combina com a temática do livro, se faz juz ao gênero, se atrai a atenção do público, e se o leitor terá uma ideia ampla sobre o que se trata apenas visualizando o título do livro.
Para finalizar o post, resolvi citar alguns títulos de livros  bem estranhos  pelo mundo que eu encontrei na Web, além de alguns que foram publicados recentemente no país:

1.  "Melhor nunca ter sido: O mal de vir a existir". 
2. "As pessoas que não sabem que estão mortas: Como elas se ligam a transeuntes insuspeitos e o que fazer sobre isso"
3. "Quão verdes eram os nazistas?" 
4. "Tormenta" (Sim, estou falando da continuação de Fallen, porque na minha opinião, se no primeiro livro foi mantido o título original porque decidiram traduzir o segundo? rsrs)
5. "Como ser feliz sem dar certo"
6. "Emagreci fazendo um blog" 
7. "A Arte de desperdiçar energia"
8. "Crescendo" (Sim, estou me referindo a continuação de Sussurro, não entendi ainda a relação do título com o livro, e por favor fãs da série me expliquem se souberem rsrs.)
9. "Como ótimos chefes fazem grandes profissionais falharem"
10. "Trabalhar com você está me matando"

Como vocês podem perceber, a maioria dos títulos são do gênero auto-ajuda e eu ri bastante quando encontrei esses títulos na web. Eu acredito que assim como a capa, o título também pode  influenciar na escolha do leitor durante a compra. Eu espero que todos vocês tenham gostado do post e fiquem à vontade para comentar e expressar uma opinião a respeito do tema.

Até a próxima!!

25 comentários:

  1. HAHAHAHA nossa Mari quanto título esquisito..rs

    e agora que vc citou é verdade eu nem tinha reparado.... Fallen e Tormenta.... o.O oxi...vai entender....

    Beijooo adorei o post

    ResponderExcluir
  2. Também não entendi o titulo de Crescendo, li o livro faz um tempo e tipo, nem saquei não '-' Agora Tormenta pff se manterem o primeiro em inglês continuassem com o resto e e e

    Beijos, World of Carol Espilotro

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post! ficou realmente muito bom e explicativo hehe'
    Beijoos
    Carol {SobreUmLivro}

    ResponderExcluir
  4. Adoreii o post!

    Legal, você falar sobre isso... Realmente existe muitos titulos iguais, mas os livros em si não tem nada haver um com o outro.

    E agora que você falou sobre Fallen e Tormenta, que eu reperei. Estranho ;S

    Beijoos;*

    Naty,
    Livres & More.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Nossa tem tantos tílulos diferentes... alguns não fazend sentido algum. E em filmes então??? São muitos!!!

    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Mari,
    Realmente, fica dificil para cada autor, fazer um titulo diferente né?!
    E é super normal hoje em dia nos vemos livros com o mesmo titulo.

    Realmente odiei o titulo "Tormenta" ia fica bem melhor original.

    Bom ainda não sei porque Crescendo, fiquei na maior duvida tambem.

    Beijos
    Camila Soares
    World of Books

    ResponderExcluir
  8. Oi querida!
    Adorei seu post, que com certeza deixou muita gente com a pulga atrás da orelha.
    Realmente hoje em dia são tantos livros que nem dá para diferenciá-los, ainda mais com esses títulos todos, e as bagunças dos títulos não traduzidos... aff

    Complicado!

    Beijos para ti

    ResponderExcluir
  9. Ei Mari,

    Ótimo post, eu já tinha visto claro o mesmo título para livros diferentes de autores diferentes. Mas as traduções as vezes acabam com o livro, concordo com vc sobre o Tormenta não faz sentido. Vc só esqueceu em um na lista rsrs. O primeiro de academia do vampiros que eles colocaram o título do 3 livro da série e agora quando chegou no 3 não sabiam o que fazer rs.

    Ri demais da lista, este foi o melhor "Como ser feliz sem dar certo" huahauhau

    bjoo

    P.S: Leia Eu mato sim vale muitoo a pena, fiquei fã do autor e já vou ler o outro dele que lançou agora. A crônica da Ju de hoje é dele rs.

    ResponderExcluir
  10. Pois é, esse negócio de título é um problema... Criar já é difícil e ainda criar algo que não exista é mais complicado ainda. Porque eu acho melhor criar um título inédito, assim todo mundo já sabe de que livro se trata logo de cara.
    Acho que o autor e as editoras tem que pensar bem...
    Beijos
    Ana
    http://tesourosdomeubau.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Eu nunca fui escritora, mas escilher títulos para meus textos sempre foi um momento complicado. Eu tinha um professor q exigia mto, dizia q o título é a apresentação do texto e deve refletir o conteúdo e intrigar o leitor.

    Só para constar, eu gosto do título do seu livro. Espero que seja um sucesso.

    Bjoo
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  12. Oi!!
    Adorei esse post! Mas tem certos títulos que não ficam legais. Tudo bem existir títulos iguais, como você disse, tem tantos livros que seria impossível não repetir. Mas as vezes as editoras criam uns títulos que não tem nada a ver com o original.
    Ah, eu adoro Sidney Sheldon, mas acho que não li esse livro. Vou procurá-lo *-*
    Adorei o título "Trabalhar com você está me matando", vou dar esse livro de presente para algumas pessoas do meu trabalho hehehe
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. O titulo de Crescendo sempre foi um ponto de interrogação na minha vida. Mas ainda vou descobrir porque esse é o nome! E Tormenta eu achei ridiculo! Espero que não traduzam Passion para Paixão -.- Enfim, ótimo post, bem diferente, ahahhaha. Beijão

    Luiza,
    Express Coffee

    ResponderExcluir
  14. muito lgl esse post, tirou algumas duvidas minhas^^

    --
    hangover at 16

    ResponderExcluir
  15. ótimo post.
    Rir muito dos títulos no final hauauh
    "Emagreci fazendo um blog" é muito bom

    ResponderExcluir
  16. Pessoal ta com mania de deixar o primeiro livro com nome em inglês (Fallen e Strange Angels) e o segundo volume traduzir (Tormenta e Traições (?)) UASHAUHSU sacanagem, vai entender. Adorei o post, não sabia que tinha tanto livro com o nome A Herdeira UAHSUAHSUA

    Beijos, Vanessa
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  17. Mari, nada a ver o título repetido. É como sua irmã disse: Já pensou se cada um tivesse que criar um título inédito? É como se pudesse haver apenas uma Mariana, uma Sandra, uma Fernanda... oq vale é mesmo o RG e a ISBN... rsrs

    Manda ver com A Herdeira!

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  18. Eu achei super interessante o post!
    Adoro saber sobre titulo assim como capas... As vezs da vontade de ler apenas pelo nome...ahahha
    Eu vi comentarem que o Crescendo não é o verbo crescer e sim relacionado a nota mais alta musical (não entendi bem pq não entendo de musica, mas ve se não é isso) pelo menos foi a explicação da Becca... Se for isso tem relação pq no livro tudo é mt intenso... As coiisas chegam ao extremo!
    E desses eu leria A Herdeira do meu Muso Sidney Sheldon!!
    bjss
    Evellyn - heyevellyn.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. A explicação sobre os títulos iguais dos livros e do ISBN foi muito bem feita, Mariana. A título de curiosidade, saber de outros livros cujo título é o mesmo que o seu, foi ótimo.

    Quero mesmo é conferir o seu.

    Um abraço, amiga escritora.

    ResponderExcluir
  20. Mari ;D
    Eu AMEI o post!!
    Achei super criativo e tbm é bom pq esclareceu algumas duvidas qnto a titulos e se podem ou nao serem iguais..
    Eu gosto de A Herdeira, mesmo que já haja livro com esse titulo, acho que chama atençao ;D

    Qnto aos titulos de auto-ajuda shuahsuas
    bem "ruins", mas tem um, acho que é do Paulo Coelho, que vc deveria ter colocado: NA MARGEM DO RIO PIETRA , EU SENTEI E CHOREI.
    Que título é esse? kkkk
    eu sempre rio qndo vejo e não compraria o livro simplesmente por esse fato! huashuas..

    Beeeijo

    ResponderExcluir
  21. é Na margem do rio PieDRA, eu sentei e chorei. ;D

    ResponderExcluir
  22. Olá Rapha, adorei a sua sugestão. Mas então poderia ficar para um próximo post continuando este assunto rsrs.
    Paul, apreciei muito o seu comentário e certamente espero que goste do meu livro rsrs.
    Aos demais, muito obrigada por comentar e expressar a opinião de vocês neste post.
    Tenham uma ótima semana!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  23. Oi!

    Será que este "Crescendo" do título não é porque a história está em um crescendo, para chegar ao clímax? Viajei na maionese?? O.o

    Uma vez achei um livro "Como trabalhar para um idiota", mas, em se tratando do meu chefe na época, achei que tava cabendo direitinho!:P

    Bjos!

    ResponderExcluir
  24. Mariana!
    Importantíssimo suas explicações.
    Confesso que achava que os livros tinham direitos autorais, como as músicas, filmes, etc...
    Não vejo nada demais os livros terem os mesmos títulos, porém, se fossem inéditos, seriam melhor. Concorda?
    Tem cada nome de livro esquisito mesmo... tem uns que não entendo de forma alguma.
    Sucesso com o seu A HERDEIRA!
    cheirinhos
    Ruddy

    ResponderExcluir
  25. Eu acredito que o livro Sussurro tem esse nome devido aos sussurros que a personagem principal, Nora Grey ouve nos seus pensamentos.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e fique à vontade para comentar! Eu leio cada comentário e aprecio muito respondê-los!

Por favor, note que qualquer comentário negativo demais, com ataques pessoais ou spam serão apagados.

Desde já, agradeço sua compreensão!

Boa leitura!

25 comentários:

  1. HAHAHAHA nossa Mari quanto título esquisito..rs

    e agora que vc citou é verdade eu nem tinha reparado.... Fallen e Tormenta.... o.O oxi...vai entender....

    Beijooo adorei o post

    ResponderExcluir
  2. Também não entendi o titulo de Crescendo, li o livro faz um tempo e tipo, nem saquei não '-' Agora Tormenta pff se manterem o primeiro em inglês continuassem com o resto e e e

    Beijos, World of Carol Espilotro

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post! ficou realmente muito bom e explicativo hehe'
    Beijoos
    Carol {SobreUmLivro}

    ResponderExcluir
  4. Adoreii o post!

    Legal, você falar sobre isso... Realmente existe muitos titulos iguais, mas os livros em si não tem nada haver um com o outro.

    E agora que você falou sobre Fallen e Tormenta, que eu reperei. Estranho ;S

    Beijoos;*

    Naty,
    Livres & More.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Nossa tem tantos tílulos diferentes... alguns não fazend sentido algum. E em filmes então??? São muitos!!!

    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Mari,
    Realmente, fica dificil para cada autor, fazer um titulo diferente né?!
    E é super normal hoje em dia nos vemos livros com o mesmo titulo.

    Realmente odiei o titulo "Tormenta" ia fica bem melhor original.

    Bom ainda não sei porque Crescendo, fiquei na maior duvida tambem.

    Beijos
    Camila Soares
    World of Books

    ResponderExcluir
  8. Oi querida!
    Adorei seu post, que com certeza deixou muita gente com a pulga atrás da orelha.
    Realmente hoje em dia são tantos livros que nem dá para diferenciá-los, ainda mais com esses títulos todos, e as bagunças dos títulos não traduzidos... aff

    Complicado!

    Beijos para ti

    ResponderExcluir
  9. Ei Mari,

    Ótimo post, eu já tinha visto claro o mesmo título para livros diferentes de autores diferentes. Mas as traduções as vezes acabam com o livro, concordo com vc sobre o Tormenta não faz sentido. Vc só esqueceu em um na lista rsrs. O primeiro de academia do vampiros que eles colocaram o título do 3 livro da série e agora quando chegou no 3 não sabiam o que fazer rs.

    Ri demais da lista, este foi o melhor "Como ser feliz sem dar certo" huahauhau

    bjoo

    P.S: Leia Eu mato sim vale muitoo a pena, fiquei fã do autor e já vou ler o outro dele que lançou agora. A crônica da Ju de hoje é dele rs.

    ResponderExcluir
  10. Pois é, esse negócio de título é um problema... Criar já é difícil e ainda criar algo que não exista é mais complicado ainda. Porque eu acho melhor criar um título inédito, assim todo mundo já sabe de que livro se trata logo de cara.
    Acho que o autor e as editoras tem que pensar bem...
    Beijos
    Ana
    http://tesourosdomeubau.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Eu nunca fui escritora, mas escilher títulos para meus textos sempre foi um momento complicado. Eu tinha um professor q exigia mto, dizia q o título é a apresentação do texto e deve refletir o conteúdo e intrigar o leitor.

    Só para constar, eu gosto do título do seu livro. Espero que seja um sucesso.

    Bjoo
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  12. Oi!!
    Adorei esse post! Mas tem certos títulos que não ficam legais. Tudo bem existir títulos iguais, como você disse, tem tantos livros que seria impossível não repetir. Mas as vezes as editoras criam uns títulos que não tem nada a ver com o original.
    Ah, eu adoro Sidney Sheldon, mas acho que não li esse livro. Vou procurá-lo *-*
    Adorei o título "Trabalhar com você está me matando", vou dar esse livro de presente para algumas pessoas do meu trabalho hehehe
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. O titulo de Crescendo sempre foi um ponto de interrogação na minha vida. Mas ainda vou descobrir porque esse é o nome! E Tormenta eu achei ridiculo! Espero que não traduzam Passion para Paixão -.- Enfim, ótimo post, bem diferente, ahahhaha. Beijão

    Luiza,
    Express Coffee

    ResponderExcluir
  14. muito lgl esse post, tirou algumas duvidas minhas^^

    --
    hangover at 16

    ResponderExcluir
  15. ótimo post.
    Rir muito dos títulos no final hauauh
    "Emagreci fazendo um blog" é muito bom

    ResponderExcluir
  16. Pessoal ta com mania de deixar o primeiro livro com nome em inglês (Fallen e Strange Angels) e o segundo volume traduzir (Tormenta e Traições (?)) UASHAUHSU sacanagem, vai entender. Adorei o post, não sabia que tinha tanto livro com o nome A Herdeira UAHSUAHSUA

    Beijos, Vanessa
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  17. Mari, nada a ver o título repetido. É como sua irmã disse: Já pensou se cada um tivesse que criar um título inédito? É como se pudesse haver apenas uma Mariana, uma Sandra, uma Fernanda... oq vale é mesmo o RG e a ISBN... rsrs

    Manda ver com A Herdeira!

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  18. Eu achei super interessante o post!
    Adoro saber sobre titulo assim como capas... As vezs da vontade de ler apenas pelo nome...ahahha
    Eu vi comentarem que o Crescendo não é o verbo crescer e sim relacionado a nota mais alta musical (não entendi bem pq não entendo de musica, mas ve se não é isso) pelo menos foi a explicação da Becca... Se for isso tem relação pq no livro tudo é mt intenso... As coiisas chegam ao extremo!
    E desses eu leria A Herdeira do meu Muso Sidney Sheldon!!
    bjss
    Evellyn - heyevellyn.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. A explicação sobre os títulos iguais dos livros e do ISBN foi muito bem feita, Mariana. A título de curiosidade, saber de outros livros cujo título é o mesmo que o seu, foi ótimo.

    Quero mesmo é conferir o seu.

    Um abraço, amiga escritora.

    ResponderExcluir
  20. Mari ;D
    Eu AMEI o post!!
    Achei super criativo e tbm é bom pq esclareceu algumas duvidas qnto a titulos e se podem ou nao serem iguais..
    Eu gosto de A Herdeira, mesmo que já haja livro com esse titulo, acho que chama atençao ;D

    Qnto aos titulos de auto-ajuda shuahsuas
    bem "ruins", mas tem um, acho que é do Paulo Coelho, que vc deveria ter colocado: NA MARGEM DO RIO PIETRA , EU SENTEI E CHOREI.
    Que título é esse? kkkk
    eu sempre rio qndo vejo e não compraria o livro simplesmente por esse fato! huashuas..

    Beeeijo

    ResponderExcluir
  21. é Na margem do rio PieDRA, eu sentei e chorei. ;D

    ResponderExcluir
  22. Olá Rapha, adorei a sua sugestão. Mas então poderia ficar para um próximo post continuando este assunto rsrs.
    Paul, apreciei muito o seu comentário e certamente espero que goste do meu livro rsrs.
    Aos demais, muito obrigada por comentar e expressar a opinião de vocês neste post.
    Tenham uma ótima semana!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  23. Oi!

    Será que este "Crescendo" do título não é porque a história está em um crescendo, para chegar ao clímax? Viajei na maionese?? O.o

    Uma vez achei um livro "Como trabalhar para um idiota", mas, em se tratando do meu chefe na época, achei que tava cabendo direitinho!:P

    Bjos!

    ResponderExcluir
  24. Mariana!
    Importantíssimo suas explicações.
    Confesso que achava que os livros tinham direitos autorais, como as músicas, filmes, etc...
    Não vejo nada demais os livros terem os mesmos títulos, porém, se fossem inéditos, seriam melhor. Concorda?
    Tem cada nome de livro esquisito mesmo... tem uns que não entendo de forma alguma.
    Sucesso com o seu A HERDEIRA!
    cheirinhos
    Ruddy

    ResponderExcluir
  25. Eu acredito que o livro Sussurro tem esse nome devido aos sussurros que a personagem principal, Nora Grey ouve nos seus pensamentos.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e fique à vontade para comentar! Eu leio cada comentário e aprecio muito respondê-los!

Por favor, note que qualquer comentário negativo demais, com ataques pessoais ou spam serão apagados.

Desde já, agradeço sua compreensão!

Boa leitura!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...